Minutos

Minutos

Agora os minutos terão que passar rapidamente
até que anoiteça e possas ser meu finalmente.
Agora os minutos terão que disparar, para que
nessa angustiosa espera, eu saiba te esperar.

Mas eu sei que esses minutos bandidos irão se atrasar,
é uma espera que nunca chega, e que chegando
tão breve se esvai por entre meus dedos.
Curtos estes instantes perfeitos de nós dois!

Vou fazer um trato com esses minutos,
não é para existirem no vazio que tu deixas,
e quando finalmente chegas,
então eles podem se esquecer de passar.

Mas infelizmente, eu já sei,
que estes minutos amargos irão se atrasar.
Vou usar alguns desses minutos para dormir,
assim eu os atropelo sem sentir.

Porque quando longe de tua presença,
qualquer instante é vazio demais,
distante demais, frio demais,
solitário, inócuo, insípido.

Qualquer minuto sem te ter,
é minuto demais!

© Por Lilly Araújo – Direitos Autorais Reservados.

Publicado em CBJE

Anúncios

About lillyaraujo13

Bióloga. Poeta. Amante de Deus, das crianças, das pessoas de boa fé e dos animais.

Posted on 16 de Junho de 2011, in Poemas de Lilly, Publicados em Antologias and tagged , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Obrigada por comentar!!!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: