Envelhecer

Envelhecer

 
Penso em como será envelhecer…
Olhar as mãos enrugadas,
os joelhos sem firmeza,
querer caminhar sem ter certeza.

Em como serão os sentimentos no peito,
que quando jovem, são tão intensos,
voluptuosos tantas vezes, e outras tantas
o que mantém a chama acesa da vida.

Penso se até lá ainda algum calor
por dentro, no coração tão teimoso,
tão aberto, tão poeta.

Mas se nada mais restar do que vi,
do que vivi e amei dia, e fui amada.
Então saberei que é hora de aquecer-me
nos versos esquecidos em papéis
de folhas amareladas.

© Por Lilly Araújo – 24/06/2011 – Direitos Autorais Reservados. 
Anúncios

About lillyaraujo13

Bióloga. Poeta. Amante de Deus, das crianças, das pessoas de boa fé e dos animais.

Posted on 9 de Julho de 2011, in Poemas de Lilly and tagged , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Obrigada por comentar!!!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: