Soneto à Poesia

Foto By Lilly Araújo

Soneto à Poesia

A vida se transfigura entre meus dedos
e então vira verso
o que antes eram apenas medos,
e grafo palavras soltas no universo.

As horas se despedem silenciosamente,
o sol recolhe sua saia alaranjada.
A poesia vai bailando em meio à gente
um tanto quanto acanhada.

E as estrelas vão pintando o céu
enquanto ponho nódoas no papel
e vai nascendo outro poema multicor.

Porque assim é a vida que almejo ter,
sentir a força da poesia e transcrever
os sentimentos pulsantes de amor.

© Por Lilly Araújo – Direitos Autorais Reservados.

#Classificada em 12°Lugar no V Concurso POESIARTE

Anúncios

About lillyaraujo13

Bióloga. Poeta. Amante de Deus, das crianças, das pessoas de boa fé e dos animais.

Posted on 23 de Setembro de 2011, in Poemas Concursados, Poemas de Lilly and tagged , , . Bookmark the permalink. 1 Comentário.

  1. Camila de Faria Silva

    Lindo! Parabéns

Obrigada por comentar!!!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: