Um dia mais velha

Um dia mais velha

Acordei um dia mais velha.
Procurei por rugas novas,
nada que eu pudesse notar de novo.
O dia de ontem passou cheio de votos,
pessoas amigas, pessoas parentes
e pessoas amigas virtuais.

Acordei. Velha.
As rugas estavam na alma,
e alma me cobrava maturidade:
Saber relevar decepções,
sorrir ante as desilusões,
contornar os erros,
levantar dos tropeços…

Acordei querendo não acordar.
Nos sonhos tudo era mais fácil,
e lá eu sabia voar.

Acordei mais eu ainda,
e desejei ser outra pessoa.
Mas a idade não me tolheu de saber
viver o faz-de-conta.
Então recorri à poesia…

Acordei.
Velha.
Poeta.
Feliz!

©Lilly Araújo-19/10/2012

Anúncios

About lillyaraujo13

Bióloga. Poeta. Amante de Deus, das crianças, das pessoas de boa fé e dos animais.

Posted on 19 de Outubro de 2012, in Poemas de Lilly and tagged , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Obrigada por comentar!!!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: