O Poeta

spitzweg-carl-o-poeta-pobre-1839

 

O poeta é um ser sádico

que se expõe ao risco por

vontade própria,

e ao mesmo tempo

por ser compelido pelo “eu”

que habita em si.

 

O poeta foge da trincheira,

abandona qualquer chance

de abrigo ou reticências.

Se expõe de peito aberto

à frente da batalha.

 

O poeta é um ser profundo,

não suporta superficialidades,

ao certo morreria, se enclausurado

ao lado de seres rasos.

 

O poeta é um ser insano,

de certo nasce com

dois corações e

nenhuma fonte de logicidade.

 

O amor não é lógico,

é apenas o tudo que se

pode haver definido

em si mesmo.

 

‑ O poeta também!

 

* Lilly Araújo 11/02/2015

Advertisements

About lillyaraujo13

Bióloga. Poeta. Amante de Deus, das crianças, das pessoas de boa fé e dos animais.

Posted on 14 de Março de 2015, in Poemas de Lilly and tagged , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Obrigada por comentar!!!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: