Arquivos de sites

Descobertas

Descobertas

 

Descobri que posso escrever desenfreadamente,
mas a saudade não passa,
e não vai passar até que você retorne
e me aconchegue no seu peito novamente.

Descobri que eu te amo,
e que esse amor sempre existiu,
desde o primeiro dia, e o primeiro olhar.
A vida tentou, mas não conseguiu complicar.

Descobri que estou presa,
e que posso lutar o quanto quiser,
pois estou presa sem algemas e sem correntes,
apenas pelo coração sentimental de uma pobre mulher.

Descobri que sou ISTO em que me transformei,
sou o “depois de ti”, e antes disso nem sei.
Porque faltava o amor chegar,
e quando você chegou, eu me entreguei.

© Por Lilly Araújo

Anúncios

Flor Mulher

Flor Mulher

A flor murchou no vaso da janela
passou a vida, foi-se a esperança.
partiu sem despedida e sem lembrança.
Mas outra decerto virá após ela.

Um beijo toca aquela face amarela,
pálida que está a tola criança.
Ele toma-lhe a mão para uma dança.
E o coração então não é mais dela.

Foi-se agora a inocência,
o sonho pueril morreu.
Perdeu-se do olhar a transparência.

Em seu corpo uma mulher nasceu
motivada por muita carência,
sem pudor ao desejo cedeu.

©Por Lilly Araújo -14/05/2011 – Direitos Autorais Reservados.

Publicado na CBJE-RJ

Dentro de Mim

Dentro de Mim

Dentro de mim parece habitar um vulcão.
Dentro de mim há tanto para se entender.
Dentro de mim batem dois corações.
Dentro de mim infinitas indagações.

Onde estará a chave que abre a porta
de tantas questões e abismos dentro de mim?
Quando será que um dia eu saberei entender-me?
Será que esse dia demora a chegar?
Será que chega enfim?

Dentro de mim parece habitar um mundo irreal.
Dentro de mim eu sou eu sem saber.
Dentro de mim há fantasmas e anjos.
Dentro de mim é paraíso. É tormento abismal.

Demora a chegar a minha paz.
Se ela chega, parece não continuar.
Eu vítima de meus sentimentos!
Assim tudo vai se esvaindo sem saber ficar.

Dentro de mim tudo é labirinto.
Dentro de mim tudo é paradoxo e extremo.
Dentro de mim às vezes é tão vazio e démodé.
Dentro de mim o mais bonito é você.

© Por Lilly Araújo-27/07/2006 – Direitos Autorais Reservados

Publicado na CBJE- RJ

Vídeo do Concurso de Poesia

Concurso de Poesias  Encantadas II, do qual participei com o poema MEUS VERSOS, que pode ser lido em:
https://somdocoracao.wordpress.com/2011/05/25/meus-versos/
Obrigada e parabéns a todos os selecionados e organizadores do Concurso e da Antologia!!
Lilly Araújo.

O Sofá

O Sofá

Foi assim que acontecia,
querias vir até mim a todo momento,
e eu permitia que viesses,
o sofá prontamente te recebia.

Querias vir, e eu queria.
Éramos então só nós dois perdidos,
displicentes em meio a tanta gente.
O sofá era sempre o nosso cúmplice.

Foi assim que acontecia,
sem esperar, mas esperando, nós ficávamos.
Eu e meu companheiro sofá.
Sofá que ainda carrega o teu perfume.

Querias tanto que eu fosse tua,
e eu já era antes mesmo que quisesses,
e era antes mesmo que pudesse.
Éramos nós, descobrindo o que é amar!

Foi assim que tudo foi acontecendo.
Eu ainda continuo te querendo,
mas pareço não mais alcançar.
O pobre sofá continua a esperar!

© Por Lilly Araújo – Direitos Autorais Reservados.

Publicado na CBJE