Arquivos de sites

Gosto que seja assim

snake

Descobri que gosto de te espiar,
assim, às escondidas,
numa página estampada
para qualquer transeunte dessa vida.

Sinto ciúmes que te vejam,
e sinto ridícula ao sentir,
e sorrio de mim.

Gosto do soco no estômago
ao relembrar nós dois.

Gosto do amargo da solidão,
pois só desse modo
o paladar se contrasta e agradece,
quanto de novo te provo
e teu paladar me apetece.

Gosto que seja assim,
devagar…

Ir nos construindo pouco a pouco,
nos desnudando peça a peça,
com uma curiosidade quase pueril,
e desfilar no seu corpo
com desejo febril.

Gosto de passear nas suas curvas,
como as serpentes nas brenhas,
e deixar que de todo tu me tenhas.

Gosto que depois partas sem avisar,
e que faltes,
e distante, eu te aspire,
e te deseje, e não te encontre…

Gosto de sofrer!

Recebo esta dor com efêmero prazer,
esta doce-dor,
que ao cessar,
traz para mim o teu amor.

Esse amor que é todo teu,
e todo meu,
e de ninguém mais…

E assim,
dos teus lábios,
eu posso colher,
gota a gota de um bálsamo
indescritível de prazer.

Lilly Araújo

Anúncios