Monthly Archives: Agosto 2012

Fotopoema Envelhecer

Anúncios

Fotopoema Réptil

TOQUES

Nada havia no mundo, a não ser o silencio e eu.

O maior de todos os silêncios. O silencio dentro de mim.
Aquele onde o choro é mais sentido.
Aquele em que descobrimos estar apaixonados.
Tanto silencio que vibrava.
E então me tornei em som,
e me tornei musica.
Pra poder estar em teus dedos,
em tuas mãos.
Pra me escreveres na clave de tua vida,
na tua partitura,
e ser tua canção sem palavras

Dário Banas

P.S.: texto retirado do blog Para ler com Ósculo